2016-04-15

Indaiatuba sedia Congresso Internacional de Jazz Dance

Os especialistas Pat Taylor e Bill Prudich, dos Estados Unidos, e Roberta Fontana, da Itália, estarão pela primeira vez no Brasil para ministrarem aulas na 8ª edição do Congresso Internacional de Jazz Dance, que será realizado entre os dias 21 e 24 de abril no Centro de Convenções Aidyl Pinesi Bonachella, em Indaiatuba. O evento é organizado pela diretora da Galpão 1 Academia de Dança, Erika Novachi, e pela jornalista e crítica de dança, Marcela Benvegnu.
 
Com o objetivo de ir além das aulas práticas e proporcionar ao aluno uma vivência maior do Jazz Dance, o Congresso traz círculos de discussões, palestras, conversas com especialistas, aulas teóricas e entrevistas, levando maior conhecimento de técnicas e estilos ao bailarino do gênero. 
 
Diretora artística da companhia Jazz Antiqua Dance & Music Ensemble, de Los Angeles, Pat Taylor ministra aulas pela Europa e Estados Unidos. A coreógrafa já recebeu diversos prêmios, como o Brody Arts Fund Choreography Fellowship, Los Angeles Contemporary Exhibitions, Jazz Dance World Congress, entre outros.
 
Já Bill Prudich é diretor artístico e executivo da EDGE Performing Arts, a mais importante escola de Jazz Dance de Los Angeles. Bill já participou como bailarino das temporadas Originais de Fame, Raising Hope, Babt Day e Grey's Anatomy, além de ter coreografado para a MGM Musical Movies, Ultimate Idol e Beverly Winwood's Actors Showcase.
 
Especialista em Modern Jazz, Roberta Fontana tem diversos trabalhos na televisão como coreógrafa e bailarina como La Nina Mala, Suerte e Alice vuole dire bugie. Suas aulas são marcadas por um aquecimento completo, diagonais dinâmicas e sequências coreográficas que prometem fazer o aluno integrar música e movimento.
 
Grandes nomes do Jazz brasileiro também estão confirmados: além da participação das organizadoras, a professora e coreógrafa Erika Novachi e a jornalista e crítica de dança Marcela Benvegnu, o evento contará com a participação de Kátia Barros, coreógrafa a mais de 15 anos; e Maiza Tempesta, coreógrafa e diretora de musicais, que contará sobre sua trajetória e fará reflexões sobre o cenário brasileiro da dança.
 
As inscrições já foram encerradas e o Congresso promete trabalhar as potencialidades e limitações do aluno. Mais informações no site www.congressodejazzdance.com.br.